Nota de Abertura - Anuário 2018

É com grande orgulho que neste primeiro ano como Presidente, tenho a oportunidade de escrever a Nota de Abertura da 28ª edição do Anuário IACA, pois é um marco indelével da nossa Indústria e do sério compromisso da Associação em formar e informar, com rigor e credibilidade, desde o seu início, há praticamente 50 anos.

Apesar de vivermos na Era da Informação, onde supostamente é fácil obter todos os dados que pretendemos, não é menos verdade que também vivemos na Era do Excesso de Informação, onde todos nós temos dificuldade em processar todo o material que nos chega pelas mais diversas formas. Conseguir assimilar a informação que é realmente importante e relevante para a nossa actividade diária é difícil.

Assim, apesar das suas 28 edições, é minha convicção que o Anuário IACA continua a representar uma mais-valia, precisamente pela forma organizada e intuitiva como disponibiliza informação referente ao sector da alimentação animal, mas tão ou mais importante, das estatísticas do sector agro-alimentar como um todo.

Senão vejamos: para além da informação referente às empresas do sector, temos sempre disponível um resumo da nossa história e dos pontos mais marcantes, assim como, as acções mais relevantes levadas a cabo pela Associação num exercício de grande transparência, que devia servir de inspiração a várias entidades e organizações no nosso país. A informação estatística extremamente importante do sector dos alimentos compostos, quer do ponto de vista da produção, quer do ponto de vista do aprovisionamento das matérias-primas, com destaque para a realidade portuguesa, mas sem esquecer a realidade da União Europeia e do Mundo.

No entanto, a informação não se fica por aqui, pois a IACA sempre se assumiu como um parceiro proactivo na valorização da indústria agro-alimentar e da pecuária, tendo sempre uma visão de fileira e altruísta, relativamente ao desenvolvimento de toda a cadeia de valor, daí a importância da informação estatística referente à pecuária.

Mais do que uma ferramenta de negócio e potencial orientador de estratégias, o Anuário é também uma fonte de cultura geral, que nos ajuda a perceber os hábitos de alimentação dos portugueses e dos europeus, mas também a sua evolução e a nossa auto-suficiência alimentar em termos de proteína animal.

Gostaria de terminar com uma nota mais pessoal, para vos dizer que a consulta dos Anuários da IACA ao longo dos anos me ajudou a tomar decisões mais fundamentadas e a perceber melhor a dinâmica do nosso Sector.

Nesta perspectiva, partilho da visão da minha colega, e anterior Presidente da IACA, Engª Cristina de Sousa, que escreveu na Nota de Abertura do Anuário 2017 “… estavam certos os que lançaram há 27 anos a Revista “Alimentação Animal” e o Anuário IACA, tão actuais e presentes nos seus objectivos. Talvez mais do que nunca!”.

Tenhamos nós a capacidade de honrar esta iniciativa mantendo e reforçando a pertinência da informação nele contida e com capacidade de adaptação aos novos tempos que parece que cada vez chegam mais depressa!

 

José Romão Braz

Presidente da IACA             

 
 
 

Login

Autenticar Registar

Login

Username
Password *
Lembrar-me

Associe-se

Os campos assinalados com asterisco (*) são obrigatórios.
Name
Username
Password *
Verificar password *
Email *
Verificar email *

Pesquisa

Newsletter